Acadêmico

Você está aqui: Acadêmico > 6º ano a 3ª Série do Ensino Médio > MYP (6º ano à 1ª série do Ensino Médio)

MYP (6º ano à 1ª série do Ensino Médio)

O Currículo do MYP

O Programa do IB para alunos com idades entre 11 e 16 anos é o MYP. Ele fornece um panorama de desafios acadêmicos que estimulam os alunos a abraçarem e compreenderem as conexões entre as disciplinas convencionais e o mundo real, tornando, assim, pensadores críticos e reflexivos.

O programa consiste em oito disciplinas integradas por cinco áreas de interação que proporcionam um quadro para a aprendizagem dentro e entre os sujeitos. Os alunos são obrigados a estudar a sua língua materna, uma segunda língua, humanas, ciências, matemática, artes, educação física e tecnologia. No último ano do programa, os alunos desenvolvem um projeto pessoal, que lhes permite demonstrar a compreensão e as habilidades que desenvolveram ao longo do programa.

O quadro do MYP é mostrado como um octógono. Isso enfatiza a importância das oito disciplinas integradas por cinco áreas de interação.

O MYP visa desenvolver nos alunos:

  • a disposição e a capacidade de serem aprendizes ao longo da vida
  • a capacidade de se adaptarem a uma realidade em constante mutação
  • a capacidade de resolução de problemas, habilidades práticas e rigor intelectual
  • a capacidade e auto-confiança para agir individualmente e de forma colaborativa
  • a consciência frente as questões globais e a vontade de agir de forma responsável
  • a capacidade de se comunicar de forma eficaz ultrapassando as fronteiras
  • respeito pelos outros e apreciação das semelhanças e diferenças

Os Conceitos Fundamentais do MYP

Três conceitos fundamentais que inspiram o MYP

  • Conscientização Intercultural – preocupado com o desenvolvimento da atitude, dos conhecimentos e das habilidades dos alunos, enquanto aprendem sobre sua própria cultura e dos demais. Ao incentivar o aluno a considerar múltiplas perspectivas, a consciência intercultural não apenas promove a tolerância e respeito, mas também leva a empatia e compreensão.
  • Educação Holística – enfatiza as ligações entre as disciplinas, proporcionando uma visão global das situações e problemas. Os alunos devem se tornar mais conscientes da relevância de sua aprendizagem, e ver o conhecimento como um todo inter-relacionado.
  • Comunicação – o MYP salienta a importância central da comunicação, que é fundamental para a aprendizagem, uma vez que apoia a investigação e compreensão e permite a reflexão e expressão dos alunos. O MYP coloca uma ênfase especial na aquisição da linguagem e permite que os alunos explorem as múltiplas formas de expressão.

Áreas de Interação

As áreas de interação deve ser usadas como lentes através das quais qualquer assunto pode ser ensinado, e que encorajam os alunos a se tornarem cada vez mais conscientes das ligações entre a sua aprendizagem e o mundo real. As cinco áreas de interação são as seguintes:

  • Estratégias de aprendizagem representa as habilidades de aprendizagem que o aluno desenvolve para assuntos gerais e específicos e a sua aplicação durante o programa e além dele. O foco desta área é ensinar os alunos a aprenderem e os ajudar a descobrir mais sobre si mesmos como aprendizes, para que possam desenvolver habilidades de aprendizagem. (Como eu aprendo melhor? Como eu sei? Como faço para comunicar o meu entendimento?)
  • Serviço Comunitário leva em consideração como um aluno se envolve com a sua família direta, colegas e amigos no mundo exterior como membro destas comunidades. Através de um planejamento eficaz e da educação, os alunos aprendem sobre o seu lugar na comunidade e ficam motivados para atuarem em um novo contexto. (Como é que vivemos em relação com os outros? Como posso contribuir para a comunidade? Como posso ajudar os outros?)
  • Genialidade Humana é a maneira com que a mente humana influencia o mundo, por exemplo, o jeito que somos, pensamos, interagimos uns com os outros, criamos, encontramos soluções e causas para os problemas, transformando ideias e racionalizando o pensamento. Ele também considera as consequências do pensamento e da ação humana. (Por que e como criamos? Quais são as consequências?)
  • Ambiente considera como os humanos interagem com o mundo em geral e o nosso papel no nosso ambiente. Estende-se para áreas além das questões humanas e pede aos alunos para analisarem as inter-relações dos diferentes ambientes. Os alunos podem considerar tanto seus ambientes de sala de aula, como ambientes globais. (Onde vivemos? Quais os recursos que temos ou necessidades? Quais são as minhas responsabilidades?)
  • Saúde e Educação Social investiga uma série de questões humanas que existe na sociedade, tais como as estruturas sociais, os relacionamentos e a saúde. A área pode ser utilizada pelos alunos para descobrirem como essas questões afetam as sociedades, comunidades e indivíduos, incluindo os próprios alunos. Através da área de saúde e educação social, os alunos podem identificar e desenvolver habilidades que lhes permitam atuar como membros efetivos das sociedades, bem como aprender sobre como eles estão mudando e como tomar decisões conscientes podem afetar o seu bem-estar. (Como posso pensar e agir? Como estou mudando? Como posso cuidar de mim e dos outros?)

O perfil do aluno IB

O objetivo de todos os programas do IB é desenvolver nas pessoas uma mentalidade internacional, que, reconhecendo a sua humanidade e a responsabilidade compartilhada do planeta, ajuda a criar um mundo melhor e mais pacífico. Os alunos do IB se esforçam para serem:

Questionadores

Eles desenvolvem a sua curiosidade natural. Eles adquirem as habilidades necessárias para conduzir a investigação e a pesquisa e para mostrar independência no processo de aprendizagem. Gostam ativamente de aprender e esse amor pela aprendizagem será sustentada ao longo das suas vidas.

Conhecedores

Eles exploram conceitos, ideias e questões que têm importância local e global. Ao fazerem isso, eles adquirem um profundo conhecimento e desenvolvem a compreensão por meio de uma ampla e equilibrada variedade de disciplinas.

Pensadores

Aplicam ativamente as habilidades de pensamento crítico e criativo para reconhecerem e abordarem problemas complexos, e tomarem decisões fundamentadas e éticas.

Comunicadores

Eles compreendem e expressam ideias e informações com confiança e criatividade em mais de uma língua e de maneiras diversificadas. Eles trabalham, em colaboração com outros, de forma eficaz e de boa vontade.

Éticos

Eles agem com integridade e honestidade, têm um forte senso de justiça, equidade e respeito pela dignidade do indivíduo, dos grupos e das comunidades. Eles assumem a responsabilidade por suas ações e suas consequências.

Mente aberta

Eles entendem e apreciam suas próprias culturas e histórias pessoais, e são abertos às perspectivas, valores e tradições de outros indivíduos e comunidades. Eles estão acostumados a buscar e avaliar uma série de pontos de vista, e estão dispostos a crescer com a experiência.

Altruístas

Eles mostram empatia, compaixão e respeito para com as necessidades e sentimentos dos outros. Eles assumem um compromisso pessoal em servir e agem para fazer diferença positiva na vida dos outros e junto ao meio ambiente.

Ousados

Eles experimentam situações desconhecidas e incertas com coragem e prudência, e têm a independência de espírito para explorarem novos papéis, ideias e estratégias. Eles são corajosos e articulados na defesa de suas crenças.

Equilibrados

Eles entendem a importância do equilíbrio intelectual, físico e emocional para alcançarem o bem-estar para si e para os outros.

Reflexivo

Eles refletem sobre sua própria aprendizagem e experiência. Eles são capazes de avaliar e compreender seus pontos fortes e limitações, a fim de aprimorar a sua aprendizagem e desenvolvimento pessoal.


O Projeto pessoal

No último ano do programa, cada aluno preenche um projeto pessoal, uma parte significativa do trabalho que é o produto da própria iniciativa do aluno e da criatividade. Cada projeto deve refletir uma compreensão pessoal das áreas de interação. Os alunos aplicam as competências adquiridas através de uma dessas áreas, bem como abordagens à aprendizagem. Os alunos devem escolher o seu projeto, que pode assumir muitas formas, e levar o processo até a sua conclusão, sob a supervisão de um professor na escola. Isto envolve:? Planejamento da pesquisa um alto grau de reflexão pessoal?. O projeto pessoal é avaliada por professores contra um conjunto de critérios de avaliação IB.


Serviço Comunitário

O Serviço Comunitário no MYP tem como objetivo desenvolver: sensibilidade para as necessidades da comunidade e sociedade em geral, consciência do papel do indivíduo dentro da comunidade, habilidade para responder às necessidades dos outros, atitude altruísta que enriquece as vidas dos alunos por meio de maior visibilidade em diferentes padrões sociais e modos de vida. Essa área de interação apoia o conceito fundamental da consciência intercultural, que visa a promover a tolerância e respeito, levando à empatia e compreensão. Os alunos se envolvem em situações interativas que irá enriquecê-los emocionalmente, socialmente, moralmente e culturalmente, trabalhando ações positivas e o contato com outros ambientes sociais e culturais.